Crónica 18

Meu querido,

O ano novo parece-me tão bom como outro dia qualquer. Sabes que nunca liguei às decisões de ano novo, nem nunca as fiz, porque acho que o tempo de tomar decisões são todos os dias. Não é por trocar o calendário na parede que me sinto mais compelida a mudar a minha atitude. O dia 31 parece-me tão bom como hoje ou amanhã, talvez até pior por estar mais longe. Mas certamente é melhor do que o dia 1.

Se quiseres voltamos a empanturrarmo-nos em comida na época natalícia, contigo a reclamares porque não percebes o sentido de o fazermos e de trocarmos prendas. Se quiseres marcamos o Natal para outro dia, pode ser dia 14 de Julho, o que achas? É um dia tão bom como o dia 25 de Dezembro e assim até parecia que estávamos no Brasil. E podia coser uma meia gigante e sair de lá como as stripers dos imaginários dos miúdos de 16 anos saem dos bolos de aniversário gigantes.

Quero-te conhecer as rugas e os sulcos na pele como quem decora o mapa da sua vida. Não interessa que dia seja, só quero que aconteça.

Mariana*

Anúncios
Explore posts in the same categories: Não classificado

4 comentários em “Crónica 18”

  1. Tiago Ramos Says:

    🙂 Sim, pode ser…

  2. Juliana Says:

    gosto tanto do que transborda aqui..
    gosto de inspirar..
    parabéns
    .juliana.


  3. We enjoyed the baby picture.
    Also enjoy your blog.
    Wish the blog had an RSS button.


  4. Adoro os textos, todos sem excepção 🙂


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: